29 de jun de 2011

Mais de 200 pessoas participam da 1ª Conferência Municipal de Emprego e Trabalho Decente em Barra da Estiva

Mesmo no inicio da colheita do café, onde cerca de duas mil pessoas lidam diariamente com esta cultura agrícola no município de Barra da Estiva, a abertura do ciclo de Conferências Municipais de Emprego e Trabalho Decente conseguiu reunir, na manhã desta terça-feira (14), mais de 200 pessoas na primeira preparatória para a 3ª Conferência Estadual, marcada para os dias 22 e 23 de setembro, em Salvador, e para a 1ª Conferência Nacional, prevista para o período de 02 a 04 de maio de 2012, em Brasília.

O protagonismo da Bahia, em especial da cidade de Barra da Estiva, distante 550 km de Salvador, levou até o município no sudoeste baiano, representantes do Governo do Estado, da Assembléia Legislativa (AL), da União dos Prefeitos da Bahia (UPB), da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) e da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Visão e empenho - O chefe de gabinete da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Elias Dourado, destacou o empenho e visão da prefeita Ana Lúcia Aguiar, na realização do evento que tem características tripartites, ou seja, conta com as participações de empregadores, empregados e do governo.

Representante do secretário estadual do Trabalho, Nilton Vasconcelos, o chefe de gabinete da Setre, Elias Dourado destacou duas questões importantes: “a de que o trabalho é um direito de todos e que gera direitos sociais”. “Por isto, gostaria de aproveitar o momento para lançar um desafio da construção do Sistema Unificado de Emprego, assim como já existe o Sistema Unificado da Saúde (SUS).

Sobre a proposta, Elias Dourado, lembrou que o país vive um momento próprio para essa discussão. “Nos últimos oito anos, um terço do emprego formal criado no Brasil foi no Governo Lula. E a qualificação e a intermediação foram fatores fundamentais e preponderantes nessas conquistas”, assegurou.  

Entra na história - Em nome da Organização Internacional do Trabalho, (OIT), Andrea Araujo disse que Barra da Estiva entrou na história ao abrir o processo preparatório que vai desencadear na I Conferência Nacional do Emprego e Trabalho Decente, em maio de 2012, em Brasília.


O auditor Fiscal, Flávio Nunes (SRTE), destacou a parceria da Superintendência na construção da Agenda Bahia do Trabalho Decente, enquanto Junior Muniz, pela UPB, mostrava-se satisfeito pelo fortalecimento dos municípios, a partir da atual gestão do prefeito de Camaçari, Luis Caetano

Participação popular - Na abertura da 1ª Conferência do Emprego e Trabalho Decente, em Barra da Estiva, ficou visível o interesse popular pela participação nos debates. A presença de professores e estudantes no encontro supreendeu a coordenadora da Agenda Bahia, Patrícia Lima. “É muito bom ver esta presença maciça da sociedade civil organizada, valorizando a pauta dos trabalhos”, disse.

Patrícia Lima, informa, ainda, que “as conferências municipais a serem realizadas pretendem fomentar e fortalecer as Comissões Municipais Tripartites de Emprego e Renda (Ceter-Ba) e, por extensão, estimular a mobilização nos municípios para que haja uma participação ampliada da sociedade civil organizada".

Segunda conferência – Nesta sexta-feira (17) será a vez da cidade de São Sebastião do Passé, na Região Metropolitana de Salvador, receber a segunda plenária municipal do Emprego e Trabalho Decente.

Nesse e nos futuros encontros a serem promovidos pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) os temas abordados serão: como gerar mais e melhores empregos, com igualdade de oportunidades e tratamento; a erradicação do trabalho escravo e do trabalho infantil, notadamente em suas piores formas; e o fortalecimento dos atores tripartites e o diálogo social como instrumento de governabilidade democrática.

Ascom/Setre
11.06.2011
Lício Ferreira - DRT/BA - 793