24 de mai de 2011

CÓDIGO FLORESTAL: DILMA RECEBE 8 EX-MINISTROS

A presidente Dilma Rousseff (PT) recebeu, no final da manhã desta terça-feira (24), oito ex-ministros de Meio Ambiente que foram à Brasília pedir o adiamento da votação na Câmara Federal do novo Código Florestal. Ao final do encontro, eles declararam que a líder nacional acredita que o aumento do desmatamento está relacionado "à expectativa de aprovação" da proposta. O texto em discussão na Casa anistia produtores rurais que desmataram no passado. "A presidente manifestou preocupação com o aumento do desmatamento em 450% no Mato Grosso só com a expectativa de aprovação da lei", afirmou Marina Silva, primeira ministra do governo do ex-presidente Lula. Paulo Nogueira Neto, considerado o primeiro da área no país, afirmou que a motivação da manifestação dos ex-chefes de pastas é o futuro ambiental do país e da própria viabilidade da produção agrícola. Já Rubens Ricúpero, que ocupou o cargo entre 1993 e 1994, disse que afirmou à petista que, caso aprovado como o relator Aldo Rebelo (PCdoB) propõe, o novo Código será "um grande constrangimento para o Brasil na Rio+20", evento que o país sediará no próximo ano. "[Aprovar o texto] Dará um argumento extraordinário para países que [defenderão] que a nossa agricultura só é capaz de concorrer por uma razão desleal, por atentar contra a biodiversidade", comentou. Informações da Folha On Line.